Mesa de Centro: tudo o que você precisa saber antes de comprar

Como o nome sugere, a mesa de centro é um elemento central em toda sala de estar. E nenhuma sala está completa sem uma boa mesinha de centro. Além de contribuir com o visual do ambiente, ela possui algumas funções utilitárias. A mesa também funciona como apoio de copo, ou descanso de pés. Por isso, uma mesa de centro de qualidade deve ter uma superfície plana e resistente. O espaço deve ser suficiente para comportar decorações e ainda ter espaço de sobra para se utilizar. Use vasos de flores, esculturas, suculentas, obras de arte e muitos outros itens para embelezar ainda mais a mesa de centro. Mas agora, como escolher uma mesa de centro? Como saber qual é a mesa ideal para minha casa? Continue lendo!

Como escolher uma mesa de centro

Altura certa da mesa de centro
O ideal é que ela seja do mesmo tamanho ou menor.

Escolha o tamanho certo

Tamanho é um fator importante na escolha de qualquer móvel. Não seria diferente para a mesa de centro. Uma mesa pequena pode ficar fora de proporção quando comparada com o sofá. Por outro lado, uma mesa grande pode fazer a sala parecer pequena, além de dificultar a movimentação.

A altura também é outro fator a se considerar. Normalmente, as mesinhas variam de 40 a 50 cm de altura. No entanto, a altura pode variar ainda mais dependendo do seu sofá. Idealmente, a mesa deve ter a mesa altura do assento do sofá; senão, 2 cm a mais ou a menos.

 

Escolha um formato que combine com o ambiente

Mesa de centro vidro formato abstrato
Essa mesa de vidro com forma de S, por exemplo, é moderna e abstrata.

Além do tamanho da mesa, o formato é outro ponto a ser considerado. Existem os formatos mais típicos, como as mesas de centro redondas ou quadradas. Todavia, você sempre pode optar por algo mais autêntico, como uma forma abstrata. A forma das mesas também varia bastante, e definitivamente existe a mesa certa para cada sala. Os formatos mais comuns são:

  • Mesa de centro retangular: combinam com praticamente qualquer tipo de sofá, especialmente os mais longos. A mesa retangular também serve para balancear um ambiente com muitos ângulos suaves e curvas.
  • Mesa de centro quadrada: é a mesa ideal para cômodos ou sofás pequenos. Um conjunto com 3 mesas de centro quadradas é uma ótima maneira de trazer a modernidade da mobília modular para dentro de casa.
  • Mesa de centro redonda: essa mesa serve perfeitamente se você quer uma decoração esférica ou suave. Além disso, é ótima para quem tem crianças em casa, já que não apresenta nenhum ângulo pontudo. A mesa redonda não serve muito bem para sofás muito largos. Todavia, é algo facilmente solucionável com um conjunto de mesas redondas.
  • Mesa de centro oval: elas oferecem as mesas vantagens que as mesas redondas, porém são mais alongadas. Dessa forma, podem servir bem a sofás mais amplos e ambientes maiores. Elas também são mais incomuns na maioria das casas, então acaba se destacando entre as outras mobílias.

 

Escolha um bom material para a mesa de centro

Assim como diversos outros móveis, as mesas de centro podem ser feitas de diversos materiais. E como ela deve ser um dos móveis principais da sala, podemos fazer uma escolha interessante nessa hora. Aqui estão algumas delas:

  • Mesa de centro de madeira: é o material mais comum para qualquer móvel. É uma escolha infalível, se você não quer ousar muito. Mas também é possível escolher dentre inúmeras espécies de madeira. Cada uma possui suas texturas e colorações particulares. Além disso, são extremamente versáteis.

    Mesa de centro de acrílico transparente
    Essa mesa de acrílico é uma versão mais segura para quem prefere um material como o vidro.
  • Mesa de centro de vidro: é a opção perfeita para cômodos pequenos, ou se você quer uma mesa de centro discreta. No geral, mesas de centro brancas, de vidro ou de outras cores claras ajudam na impressão de um espaço mais amplo, arejado e bem iluminado. Sem falar que são super elegantes.
  • Mesa de centro de pedra: assim como na madeira, a pedra também possui diversas variações. Mármore, granito e ardósia são as opções mais comuns. Independente da opção, essa mesa se destaca no ambiente. Além disso, combina bem com móveis de madeira.
  • Mesa de centro de metal: a mesa de metal pode parecer estranha, mas é mais comum – e interessante – do que você pensa. O metal pode servir para um interior tanto moderno quanto mais clássico. E o metal também combina muito bem com a madeira. A mesa de centro industrial, por exemplo, mistura metal e madeira para criar uma mesinha moderna e sofisticada.
  • Mesa de centro de acrílico: o acrílico ou plástico oferece algumas vantagens. Em primeiro lugar, são materiais leves. Desse modo, fica fácil mover a mesa de lugar. Depois, são fáceis de cuidar, e não são sensíveis à umidade como madeira ou metal. Por fim, as mesas de acrílico ainda estão disponíveis nas mais diversas cores e estilos.

 

Precisa de adicionais?

Mesa de centro com gaveta e nicho
Essa mesa conta com um nicho e uma gaveta super discreta.

Tamanho, forma e material são as três bases que formam uma mesa de centro. Mas também existem alguns detalhes extra que valem a pena considerar. Como por exemplo:

  • Mobilidade: se você pretende usar a mesa para muitas coisas, ou precisa movê-la de lugar várias vezes para limpar a sala, dê preferência a um modelo com rodinhas.
  • Mais que uma: ao invés de uma grande mesa, dê uma olhada nos conjuntos modulares. Três mesas de centro pretas dão muito mais personalidade e estilo à sala que apenas uma mesa grande.
  • Armazenamento extra: se você também precisa de mais espaço para guardar coisas na sua casa, uma mesa com gavetas ou armários é uma boa opção.

Deixe um comentário